google-site-verification=chjPpjQNdgFEW6-R-3OOIKvZzckFN2n6vwP5Vec738g
 
  • João Pedro Locatelli Cezar

Muito tempo em frente às telas? Vem que eu te ajudo.


Tempo excessivo de telas é prejudicial tanto para adultos quanto para crianças. A Sociedade Brasileira de Pediatria e a American Academy of Pediatrics recomendam no máximo quatro horas de telas por dia para crianças maiores de quatro anos, máximo de duas horas para as entre 2 e 4 anos e nada para as menores de 2 anos!

Você sabe quanto tempo por dia passa em frente ao celular? Essa informação é disponível para você:

  • iOS / iPhone / iPad: acesse as configurações do iPhone e toque em "Tempo de Uso". Na parte superior da tela, ficam visíveis o gráfico com o tempo e a média diária de uso do smartphone na semana;

  • Android: abra as configurações do Android e toque em "Bem-estar digital e controle dos pais". Na parte superior da tela, é possível ver o tempo de uso do dia, assim como o número de notificações e desbloqueios.

Por muitas vezes as informações apresentadas nas telas são passivas (a criança só recebe a informação, não exercita a criatividade ou imaginação), trazendo quase nada de benefícios aos pequenos. Sim, concordo que existam programas e jogos educativos e que trazem benefícios e é pra isso que existe esse limite de tempo! Aqui vão algumas dicas:

  • Apps: Duolingo, Elevate e CodeSpark ensinam idiomas, exercícios mentais e programação para as crianças e adolescentes;

  • Jogos: Animal Crossing e Toca Boca são de ritmo lento e ajudam a criança na tomada de decisões (fiz uma postagem sobre jogos de vídeo game aqui no blog;

  • Programas: programas educativos como Dora a Aventureira, o saudoso Castelo Rá-Tim-Bum e Peixonauta são interativos e fazem as crianças aprenderem e raciocinarem junto do desenho.

Mas então João, como vou fazer em um dia de chuva? E se eu não tenho muitas ideias de outras atividades? Para isso, eu deixo as seguintes dicas:

  1. Eu preparei um infográfico lá no início da pandemia com algumas atividades, disponível aqui;

  2. As meninas do TempoJunto já produziram muito conteúdo e de qualidade com materiais, livros e postagens de muitas atividades que ensinam e brincam com as crianças, acesse o Instagram aqui;

  3. Quem já visitou o consultório e viu a parede de livros, já reparou nesse queridinho aqui: 501 atividades para crianças longe da TV, tablet e celular; um dos meus favoritos e fortemente recomendados livros. Disponível para compra aqui.

E sobre segurança? A internet deve ser sempre utilizada com supervisão. A internet abre portas para conhecimentos, livros, filmes e culturas dos mais longínquos lugares, mas essas portas também podem dar acesso a dados sigilosos da criança e da família. Por isso eu sempre sugiro que os pais assistam o documentário O Dilema das Redes (disponível na Netflix) e o site do próprio documentário com muitas ferramentas disponíveis. E sempre manter-se informado sobre segurança nos dispositivos e controle parental sobre os equipamentos com acesso à internet.

Agora é com a gente! Com base em todas essas dicas, bole um plano de ação e mãos à obra. Só mais uma pergunta: que tal largar o celular ou computador que você está lendo essa postagem por 1 hora e conversar com quem está ao seu redor?

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo